Contate-nos:

contato@alkimystika.com.br



Conheça nosso shopping on line com artigos esotéricos e fitoterápicos, masi de mil produtos:
www.alkimystika.com.br

sexta-feira, 29 de abril de 2011

As Cartas aos Senhores do Carma






Os Senhores do Carma se reúnem, quatro vezes por ano, 31 de março, 30 de junho, 30 de Setembro e 31 de Dezembro, para rever petições da humanidade não ascensa, e assegurar dispensações, baseadas em merecimento individual de cada um.

Esta é uma boa oportunidade para analisarmos nossa vida nos últimos três meses.
É a hora certa de agradecermos aos objetivos conquistados e pedirmos aos Senhores do Carma, 
dispensações e orientação divina para a solução de problemas pessoais e planetários.

Você pode preparar um projeto de trabalho e colocá-lo para a apreciação dos Mestres. 
Convença-os a investir em seu projeto. Os Mestres sempre apóiam boas idéias que venham a melhorar a 
qualidade de vida da humanidade. Desde que seu projeto não interfira com o plano divino, você terá todo o apoio que precisa.

Se convencer os Senhores do Carma a apoiá-lo, todas as portas se abrirão e seu projeto se tornará realidade mais cedo do que espera.

Peça por abundância divina para sua família e amigos, proteção para os ensinamentos dos Mestres em suas escolas
na Terra, libertação dos portadores da luz que os Mestres desejam trazer para os ensinamentos.

Esta carta deve de preferência ser escrita à mão. Lembre-se de assiná-la com seu nome completo e por extenso no final.

Estas petições devem ser queimadas em ritual de entrega nos dias 31 de março,
30 de junho, 30 de Setembro e 31 de Dezembro de cada ano, quando os Senhores do Carma
se reúnem para analisar caso a caso juntamente com seu Santo Cristo Pessoal.

Como fazer o ritual de entrega da carta para os "Senhores do Carma" ?

RITUAL:

Em um papel de seda branco, escrever a lápis (o grafite é um poderoso condutor de energia) 
seu nome de solteiro (nome de batismo) e data de nascimento.

Depois escrever a frase: PELA PAZ E CURA UNIVERSAL.

Escrever seus pedidos pessoais ao conselho cármico, peça tudo o que deseja material ou não afinal,
estamos aqui aprendendo a sermos felizes e, pedir àqueles que que realmente estão interessados em nos ajudar,
não é feio e nem deve causar culpa ou constrangimentos. 
Dobrar o papel e fazer uma oração do seu coração ou (A Grande Invocação - oração máxima da Fraternidade Branca) 
Queimar primeiro um papel em branco, o seu papel escrito e outro em branco no final. 
O elemento fogo, é um elemento de manifestação e transmutação e, as Salamandras (elementais do fogo), 
é que vão levar as petições ao Conselho Cármico. Se várias pessoas participarem do ritual,
queimar primeiro um papel em branco, depois todos os escritos e por último outro papel em branco. Faça a prece:


“A GRANDE INVOCAÇÃO”

Do ponto de Luz na mente de Deus, 
que flua Luz à mente dos homens, e que a Luz desça à Terra.
Do ponto de Amor no coração de Deus 
que flua amor ao coração dos homens, que Cristo retorne à Terra.
Do centro onde a vontade de Deus é conhecida, 
que o propósito guie as pequenas vontades dos homens, 
propósito que os mestres conhecem e servem.
Do centro a que chamamos a raça dos homens que se realize 
o plano de Amor e de Luz e feche a porta onde se encontra o mal.
Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra
hoje e por toda a eternidade. 
Amém


Obs: Se as outras pessoas não quiserem participar do ritual mas quiserem entregar os seus pedidos, elas devem escrevê-los num papel de seda branco, como o seu (nome, data de nascimento e pedidos) e você queimará os
papeis com os pedidos delas após o seu e antes do último papel que sempre deverá ser um papel em branco.

Mas lembre-se que com Respeito e Amor, você pode criar o seu ritual, a sua forma de comunhão, acho interessante queimar o pedido




APELO AO CONSELHO CÁRMICO 
                    Em nome da Presença Divina Eu Sou em nós, como Seres Crísticos atuantes no mundo da forma, apelamos aos Senhores do Carma por MISERICÓRDIA, TRANSMUTAÇÃO CÁRMICA, OPORTUNIDADE, VERDADE E LIBERDADE para todos os que evoluem na terra
                    Apelamos em favor da expansão crescente da Luz Interna de cada coração humano, pela concretização da Vitória na Luz, pela realização da Vontade Divina em todas as vidas.
                   Apelamos por uma benção especial da Força e Poder da Luz, para que sejam desfeitos todo e qualquer planejamento contra o progresso e o bem-estar de todos os seres. Que essas circunstâncias nefastas, assim como os seus mentores, e servidores, sejam envolvidos pelo Fogo Cósmico que, instantaneamente, consome e dissolve tudo o que não provem de  Deus, trazendo a Ordem Cósmica à toda vida.
Que assim seja!

Fonte: Internet

Conselho Kármico

Sete Seres de Luz, formam o conselho do carma. Estes Seres são responsáveis por ministrar a justiça (ordem/ organização divina) em nosso planeta Terra. Eles decidem qual a porção de carma (positivo ou negativo) que cada indivíduo deve receber durante a existência na Terra.

Todas as almas precisam passar perante este conselho cármico antes e depois de cada vida encarnada. Durante todo o período de encarnação, a alma tem ao seu lado, um anjo que a acompanha registrando todas as suas manifestações. Este anjo é conhecido como o "anjo do registro". Todos estes dados são entregues a anjos chamados de "guardiões dos pergaminhos". Estes, atuam junto aos Senhores do Carma, que consultam estes registros, antes de tomar decisões sobre as nossas vidas.

São os Senhores do Carma que decidem quem deve encarnar, quando e onde. Suas decisões são sempre baseadas em três importantes pontos:

1 - A Vontade Divina para nossas vidas, o nosso "Plano Divino". Eles nos proporcionam uma vida para que possamos ter as oportunidades necessárias para atingirmos a nossa Vitória Divina.

2 - Eles nos proporcionam oportunidades para que possamos reparar nossos erros. O nosso carma negativo que precisa ser consumido/ transmutado, para que possamos evoluir na luz. Eles nos posicionam na vida, (em famílias, trabalhos, cidades, etc.) de forma que possamos resgatar nossas criações de vidas anteriores. Precisamos nos reencontrar nossas criações negativas. Esta má qualificação de energia precisará ser redimida por nós, precisamos servir ao próximo e pagar nossos débitos.

3 - Eles nos acompanham durante nossas vidas e podem aumentar as oportunidades ou as barreiras, o que dependerá de nossa evolução. Somos avaliados a cada três meses, porém, somos fortemente avaliados a cada ciclo de doze anos. Aos 12, 24, 36, 48, 60, 72, 84, 96 anos, e ai por diante, se chegarmos a viver além desta idade.

Assim, quando conquistarmos a vitória da manifestação de nosso plano divino e consumirmos o nosso carma negativo, iremos então ter com a Presença do EU SOU, o Amado Santo Cristo Pessoal, (o nosso Eu Superior) e o conselho do carma, que decretarão o direito de libertarmo-nos da roda viva das reencarnações (a roda de Sansara).

De acordo com a mensageira da Grande Fraternidade Branca, Elizabeth Clare Prophet, os Senhores do Carma são atualmente representados pelos seguintes Seres Cósmicos:







1° - O Grande Diretor Divino SAITHRU, Manu da Sétima Raça Raiz.; é uma função que direciona um propósito unificado às mais variadas necessidades de uma raça. Atualmente quem exerce essa função é Lanto que já foi Diretor do 2º Raio (dourado).


 





2º - Deusa da Liberdade ou LIBRA, Grande Ser Cósmico personifica o amor perfeito de Deus que nos concede amor incondicional, compaixão, força e pureza.


 







3º - Mestra Ascensa Nada; Cada vez que penso na Mestra Nada, Diretora do 6º Raio (rubi), não consigo fixar sua imagem por mais que alguns instantes, porque ela vai se diluindo em toda a humanidade, tão grande é seu amor por nós e seu desejo de que sejamos tudo, resgatando o melhor que há em nós.








4º - Elohim Cyclopea ou Vista; O Elohim Cyclopea é o "olho que tudo vê", “o olho onividente de Deus”, a Visão Ilimitada de Deus que enxerga a essência de todas as coisas. Nada pode ser escondido, nem mesmo uma intenção.

 





5º - Palas Athena; a Deusa da Verdade, atua no 5º Raio (verde) auxiliando a desfazer nossas compreensões errôneas que só nos trazem sofrimento, para nos ajustar aos propósitos evolutivos.


 



6º  - Pórtia, Deusa da Justiça; atua no 7º Raio (violeta), ajudando a estabelecer a medida exata do que nos pode ser concedido a cada momento (nosso débito com a humanidade é tão grande que, se tivéssemos de saldá-lo de uma só vez, seríamos imediatamente extinguidos, fulminados diversas vezes).

 


7º  - Kuan Yin, Deusa da Misericórdia, da Compaixão e do Perdão; Kuan Yin a que ouve os lamento do mundo e alivia nosso sofrimento. Tão grande é sua compaixão que nos auxilia sempre mais do que na verdade merecemos.

 




Namastê!
visite nossa loja virtual,
mais de mil artigos esotéricos:
www.alkimystika.com.br


quarta-feira, 27 de abril de 2011

O Que são Chakras

A palavra “chakra” vem do Sânscrito e significa “roda de luz”, "roda da lei", "roda da vida" ou "morte". Chakras são pontos de energia de diferentes vibrações, representando diferentes aspectos do corpo, da alma e do espírito. Simbolizam a lei da natureza, estando em constante movimento. Eles estão localizados ao longo da coluna vertebral do corpo humano.
Alguns clarividentes conseguem enxergar cada um desses pontos, com sua forma e cor específica. Através da Radiestesia e outras formas de tratamentos alternativos, pôde-se constatar que a maioria das doenças são decorrentes do desequilíbrio dos chakras ou da entrada de energia negativa nesses pontos vitais.
Os chakras harmonizados nada mais são do que o equilíbrio entre as polaridades Yin (feminino, frio e úmido) e Yang (masculino, quente e seco). O esquema dos sete chakras é o mais usado nas terapias alternativas. Entretanto, existem inúmeros outros chakras menores, atuando num esquema dinâmico de intercâmbio energético.
Sua função é de receber e transmitir energia para as áreas afetadas do corpo físico, trazendo o equilíbrio. Trabalhando com os chakras, é possível unir todos os aspectos de nossas vidas, incluindo os aspectos físicos, materias, espirituais, sexuais e etc.
Os chakras são centros de conjunção de energias que circulam ao longo de uma espécie de "sistema nervoso subtil" que se chama Nadis. É por eles que circula aenergia vital: PRANA
Os chakras criam-se no ponto de intersecção dos Nadis. É nestes centros de força que se encontram o plano terrestre e o plano cósmico. Apresentam-se sob a forma de um cone (funil) e a raiz dos sete chakras principais está conectada ao canal central (o canal Sushumna), com uma parte nas costas, que recebe a energia, e a parte da frente, que a emite. Quando se trata um chakra desperta-se a Kundalini.
É através destes centros de energia que os seres humanos recebem e transmitem. Os chakras alimentam o corpo físico e todos os corpos subtis, alimentam-se de tudo o que, no universo, é energia.
Todos os nossos estados de consciência são condicionados pelo estado energético dos nossos chakras.
No corpo físico, encontra-se sete chakras principais, sendo três mestres e quatro maiores. Sabemos que existe trezentos chakras menores espalhados pelo corpo físico. Também há muitos chakras que se encontram fora do corpo. Quando todos os chakras estão abertos e balanceados, a energia nos permite comunicar com os espíritos do Universo.
Os chakras são divididos da seguinte maneira:
- - Os três chakras localizados na cabeça e na região da garganta, são governados pela razão.
- - Os chakras que estão localizados na frente do corpo, são governados pela emoção.
- - Os chakras que estão localizados na parte de trás do corpo, são governados pelo desejo.
Cada chakra está associado com uma das sete cores do arco-íris

Chacras ou xacras, também conhecidos pela grafia chakras são, segundo a filosofia ioga, canais dentro do corpo humano (nadis), por onde circula a energia vital (prana) que nutre órgãos e sistemas
Existem várias rotas diferentes e independentes por onde circula esta energia. Os chakras são os pontos onde essas rotas energéticas estão mais próximos da superfície do corpo.
Imagine que os chacras são uma lâmpada com uma tomada do lado. Eles tanto indicam a quantidade de energia naquele sistema específico como podem ser usados para recarregar a energia do sistema. Existem muitos canais e uma grande divergência quanto ao número exato. Algumas linhas afirmam existir 32, outra 114 e ainda 88.000 - sendo assentes todos que os principais são sete.



Namastê!
visite nossa loja virtual,
mais de mil artigos esotéricos:
www.alkimystika.com.br

Os Sete Chakras







Nome Sânscrito: MULADHARA ("Base e fundamento"; "Suporte")

Outros Nomes pelo qual é conhecido: Chakra Raiz, Chakra coccígeo, Chacra de suporte. 

Mantra: Lam.

Localização: Base da Espinha. 

Sentido: Olfato.

Cor: Vermelho-fogo, Marrom, o vermelho da energia e da atividade mais interna do núcleo do nosso planeta.

Elemento: Terra.

Animal: Elefante branco. 

Pétalas: Quatro. 

Mandala ou Forma geométrica: Quadrado com Triângulo.

Cristais/Pedras: Obsidiana, Quartzo fumê, Rubi e Turmalina Preta, Jaspe-vermelho, cornalina vermelha, rubelita, granada vermelha, ágata vermelha...

Alimentos que estimulam o Chakra: Vegetais e Frutos Vermelhos, Agrião, berinjela, beterraba, tomate, morango...

Funções: Traz vitalidade para o corpo físico.

Qualidades Positivas: Coragem, Estabilidade. Individualidade, Paciência, Saúde, Sucesso e Segurança.

Qualidades Negativas: Insegurança, Raiva, Tensão e Violência

Função: Reger nossa capacidade de entrar na vida, escolhendo o que queremos e o que não queremos para nós. Ir a luta.

Palavra Chave: Ativação

Planeta:Saturno

Símbolo: Lótus de 4 pétalas

Principio básico: Vontade física para ser, consciência física, energia vital, vontade de viver e confiança, relação com a terra e o mundo material, estabilidade, perseverança e segurança, sentido de responsabilidade face a si mesmo.

Glândula correspondente: Supra renais

Hormônios correspondentes: Adrenalina e Noradrenalina que adaptam o sistema circulatório as necessidades de cada momento, atuam no equilíbrio da temperatura do corpo e do batimento cardíaco.
Do ponto de vista anatômico:
Está relacionado com tudo o que é sólido, como a coluna vertebral, os ossos os dentes e as unhas, ambas as pernas, e o ânus o reto, o intestino grosso, o intestino delgado, a próstata, a vagina e o útero, o sangue, a constituição celular, parte inferior das costas.

Tratamento: Musculatura das coxas, problemas sexuais e genitais, útero, trompas, ânus, hemorróidas, infertilidade, distúrbios hormonais, falta de coragem e problemas sanguíneos


Aspecto: Etéreo inferior, plano físico, instinto de sobrevivência, senso de identidade. Liga-nos com o mundo físico, contato com o espírito da Mãe-Terra, necessidades básicas individuais, bem como as globais, da vida e da sobrevivência nesse planeta. 
Constitui a fonte de força vital para os chakras mais elevados, é a sede do inconsciente coletivo cujo conhecimento acumulado se torna aqui acessível, alem disso o primeiro Chackra proporciona-nos força de vontade e estabilidade.












Nome Sânscrito: SWADHISTANA ("Morada do Prazer")

Outros Nomes pelo qual é conhecido: Chakra Sexual, Chakra Sagrado ou Sacro, Chakra do Hara.

Mantra: Vam.

Localização: Abaixo do umbigo.Glândulas: Gônadas (glândulas sexuais).

Sentido: Paladar.

Cor: Laranja.

Elemento: Água.

Animal: Crocodilo. 

Petalas: Seis. 

Mandala ou Forma geométrica: Círculo com uma lua crescente. 

Cristais/Pedras: Quartzo Citrino, calcita laranja, topázio, cornalina laranja, Âmbar, Aventurina, Carnélia,Coral,Opala de Fogo... 

Alimentos que estimulam o Chakra: líquidos, frutos e vegetais laranjas, Abóbora, cenoura, milho, laranja, manga, caqui

Funções: Força e vitalidade física

Qualidades Positivas: Assimilação de novas ideias, Dar e Receber, Desejo, Emoções, Mudanças, Prazer, Saúde e Tolerância.

Qualidades Negativas: Confusão, Ciúmes, Impotencia, Problemas de Bexiga e Problemas Sexuais

Principio básico: Reprodução criativa do ser

Glândula correspondente: Glândulas sexuais- ovário, próstata, testículos.

Hormônios correspondentes: Estrógeno, Testosterona.

Tratamento: Os órgãos associados a esse centro energético são os quadris, ovários, útero, as tubas uterinas, a pélvis a região lombar, os rins a bexiga, o intestino grosso.
Tudo que é líquido como o sangue, a linfa, os sucos digestivos, o esperma.

Aspecto: Relacionados com as necessidades básicas associado à sexualidade e auto-estima, ao poder pessoal e ao poder no Mundo; dá acesso ao corpo emocional em seu nível mais próximo do corpo físico; abriga a nossa criança interior.

As imagens de nossa existência, de vidas passadas e traumas ficam guardadas nesse Chakra. A capacidade de dissipar antigas emoções é também desenvolvida por meio deste chakra - as principais energias fecundantes e acolhedoras que permeiam toda a natureza, parte de um processo de criação continuo, que se expressa em nós mesmos por intermédio na forma de sentimentos e ações criativas, se expressa no plano físico pela ação desintoxicaste e eliminadora dos rins e da bexiga. Já, no nível psíquico é vivenciado através do desprendimento e do livre fluxo dos sentimentos através dos quais estamos prontos a experimentar a vida original e sempre nova.












Nome Sânscrito: MANIPURA ("Cidade das Jóias")

Outros Nomes pelo qual é conhecido: Chakra Umbilical, Chacra Solar 

Mantra: Ram.

Localização: Zona da barriga, na região do estômago.

Glândulas: Pâncreas. 

Sentido: Visão. 

Cor: Amarelo.

Elemento: Fogo.

Animal: Carneiro. 

Petalas: Dez. 

Mandala ou Forma geométrica: Triângulo invertido. 

Cristais/Pedras: Olho de Tigre, Quartzo Citrino, Âmbar, Topázio Imperial, Enxofre, Pedra do Sol, Piromorfita, Tempest Stone, Apatita Amarela, Cornalina amarela, Ouro, Jade... 

Alimentos que estimulam o Chakra: Amidos, as frutas ou vegetais amarelos, Manteiga, gema do ovo, cenoura, batata doce, abóbora, banana, abacaxi, melão, pêssego, limão... 

Funções: Digestão, emoções e metabolismo.

Qualidades Positivas: Auto controle, Autoridade, Energia, Humor, Imortalidade, Poder pessoal e Transformação.

Qualidades Negativas: Medo, Ódio, Problemas digestivos e Raiva

Função: Elaborar a confiança nos instintos e na voz interior (realização pessoal)

Palavra-chave: Eu

Principio básico: Constituição do ser

Glândula correspondente: Pâncreas, transformação e digestão dos alimentos, produz o hormônio insulina

Hormônios correspondentes: Insulina (Bile)

Tratamento: Aparelho digestivo e respiratório, fumo e bebida, alimentar-se pouco ou excessivamente, problemas de posicionamento pessoal (raiva, agressividade, pouca força de vontade, auto-estima)

Aspecto: O plexo solar recebe, distribui e processa a energia possível a percepção. Liga-se ao nível inferior do corpo mental, que representa a mente racional e consciente. 
Está associada a esse Chackra a autoconfiança e o instinto de sobrevivência, a habilidade para o comercial, a matemática, a determinação e a capacidade para aprender e de incentivar a si mesmo. 
No terceiro Chackra, o nosso sol, com o centro de força entramos num relacionamento ativo com as coisas do Mundo e com outras pessoas. 
A energia emocional flui para o exterior, nossos relacionamentos, simpatias e antipatias, bem como a capacidade de estabelecermos relacionamentos emocionais duradouros; é onde se encontra a identidade social












Nome Sânscrito: ANAHATA ("Invicto"; "Inviolado")

Outros Nomes pelo qual é conhecido: Chakra do Coração, Chakra Cardíaco 

Mantra: Yam.

Localização: Coração.Glândulas: Timo. 

Sentido: Tato.

Cor: Verde (cura e energia vital); Rosa (Amor).

Elemento: Ar.

Animal: Antílope (gazela).

Petalas: doze. 

Mandala ou Forma geométrica: Estrela de seis pontas.

Cristais/Pedras: Quartzo rosa, pirita, esmeralda, Jade verde, Quartzo e Turmalina verde, Malaquita, Jade (Jadeíta e Nefrita), Ágata Musgo, Peridoto, Crisoprásio, Pedra da Lua, Rubelita (Turmalina Rosa), Unakite... 

Alimentos que estimulam o Chakra: Vegetais ou Frutos verdes, abacate, kiwi, maçã verde, uva, agrião, alface, escarola, brócolis...

Funções: Energiza o sangue e o corpo físico.

Qualidades Positivas: Amor incondicional, Compaixão, Equilíbrio, Harmonia e Paz.

Qualidades Negativas: Desequilíbrio, Instabilidade emocional, problemas de coração e circulação

Palavra-chave: Afetividade

Principio básico: Abnegação do ser

Glândula correspondente; Timo

Hormônios correspondentes: Cientificamente não esclarecido, pesquisas em andamento

Tratamento: Doenças do coração (aspectos físicos e emocionais) tais como: disfunções geradas pelo excesso de saúde, amor, solidão, marasmo e apatia

Aspecto: O Chakra cardíaco liga o corpo e a mente ao espírito. Rege a capacidade da pessoa de amar a si mesmo e aos outros de dar e receber.
O rosa é a cor predominante das flores usadas em essências, encontramos aqui a capacidade de compreender e compartilhar as coisas, de nos sintonizarmos e de vibrar em conjunto. 
Também nos damos conta da beleza da natureza - aqui imagens, palavras e sons são transformados em sentimentos. 
Mágoas profundas podem causar bloqueios na aura, chamadas de cicatrizes do coração, e quando vem a tona despertam as dores mais profundas; mas também liberam o coração, curando-o desenvolvendo a sensibilidade e possibilitando um novo crescimento.
Compaixão, compartilhar, participar com todo coração, abnegação, altruísmo e cura.
Acesso ao corpo emocional, nível mental superior









Nome Sânscrito:  VISHUDDA ("O purificador")Outros Nomes pelo qual é conhecido: Chakra da Garganta, Chakra Laríngeo, Centros de Comunicação

Mantra: Ham.

Localização: Na garganta.Glândulas: Tireóide.

Sentido: Audição.

Cor: Azul claro.

Elemento: Éter.

Animal: Elefante.

Pétalas: dezesseis.

Mandala ou Forma geométrica: Triângulo com uma Lua Cheia.

Cristais/Pedras: Água Marinha, Turquesa, Quartzo Azul, Safira azul, Ágata Azul Rendada, Crisocola, Euclásio, Amazonita, Topázio Azul, Celestita, Calcita Azul, Calcantita...

Alimentos que estimulam o Chakra: Frutas e vegetais azuis e púrpuras, Ameixa preta, uva passa, amoras, peixes, aspargos, batatas...

Funções: Som, vibração, comunicação.Qualidades Positivas: Comunicação, Criatividade, Conhecimento, Honestidade, Integração, Lealdade e Paz.Qualidades Negativas: Depressão Ignorancia e Poblemas na comunicação

Palavra-chave: Comunicação

Principio básico: Ressonância do ser

Glândula endócrina correspondente: Tiróide: Papel decisivo no desenvolvimento do esqueleto e dos órgãos internos, equilibra o crescimento físico e mental, regulariza o metabolismo hormonal (tiroxina)

Hormônios correspondentes: Tiroxina (Tri-iodo-tiroxina)

Tratamento: Garganta, tireóide, voz, coluna, nuca, boca, dentes, face, ouvidos.
Auto-expressão, criatividade, inibição, repressão, genialidade e problemas de comunicação (dificuldade em dar e receber)

Música: Nota musical (sol)

Aspecto: O quinto Chakra constitui uma importante ligação dos chakras inferiores com os centros da cabeça. Serve como ponte entre nossos pensamentos e sentimentos, entre nossos impulsos e reações, transmitindo ao mesmo tempo o conteúdo de todos os chakras ao Mundo exterior.
Através do Chakra da garganta expressamos tudo o que vive em nosso interior, o nosso riso e o choro, nossos sentimentos de amor e de alegria bem como o medo e a raiva, nossas intenções e desejos, nossas idéias, compreensões e percepções dos mundos interiores.
É o centro da comunicação e da audição incluindo a clareaudiência, da receptividade e da criatividade, do acesso ao padrão etérico. Através do quinto Chakra desenvolvemos a capacidade de auto-reflexão.
Este chakra está relacionado ao funcionamento do sentido da audição onde abrimos nossos ouvidos e escutamos as vozes audíveis e ocultas da criação. Também nos damos conta de nossa voz interior, entramos em contato com a mente e recebemos a inspiração.
Desenvolvemos uma inabalável confiança na orientação pessoal mais elevada, nos tornamos conscientes de nossa verdadeira tarefa na vida.
Reconhecemos que nossos mundos interiores, bem como os mundos de matéria mais sutis da vida são tão reais quanto o mundo exterior, e tornamo-nos capazes de captar e transmitir informações dos setores da matéria mais sutil e das dimensões mais elevadas da realidade Talvez o mais complexo, visto que toda possibilidade de mudança, transformação e cura está ali concentrada incluindo a capacidade de resolver conflitos do passado por meio da liberação Kármica








Nome Sânscrito: AJNÃ ("O Centro de comando")

Outros Nomes pelo qual é conhecido: Chakra do 3º olho, Chakra frontal 

Mantra: Om.

Localização: Na testa, entre as sobrancelhas.Glândulas: Pituitária, hipófise. 

Sentido: Clarividência. 

Cor: Azul índigo.

Elemento: Luz.

Animal: Não existe animal associado.

Pétalas: Duas.

Mandala ou Forma geométrica: Círculo (bindo). 

Cristais/Pedras: Cristais brancos, Ametista, Sodalita, Lápis lazuli, Apatita Azul, Azurita, Calcantita, Cianita, Halita Azu,l Indicolita (Turmalina Azul), Labradorita, Papagoita, Safira Azul, Vivianita... 

Alimentos que estimulam o Chakra: Vegetais e Frutos da cor azul ou púrpura, berinjela, beterraba, ameixa preta...

Funções: Revitaliza sistema nervoso e a visão.

Qualidades Positivas: Concentração, Devoção, Intuição, Imaginação, Realização da alma e Sabedoria.

Qualidades Negativas: Dores de cabeça, Falta de concentração, Medo, Problema nos olhos, Pesadelos e Tensão

Função: Responsável pela percepção

Palavra-chave: Compreensão

Hormônios correspondentes: Vasopressina (hormônio antidiurético), pituitrina.

Tratamento: Percepção dos ouvidos, percepção Extra Sensorial, problemas de visão, rinite, sinusite, concentração, raciocínio, desequilíbrios mentais, doenças nervosas, memória, dificuldade de enxergar a realidade das situações.

Aspecto: É a sede das forças mentais mais elevadas, do discernimento intelectual, da memória e da vontade, e constitui a central de comando mais elevada do sistema nervoso central, no nível físico.
É por meio do sexto Chakra que se vê além das realidades físicas e se penetra no reino psíquico para além do entendimento da verdade não física. Ele forma a segunda camada da aura e dá acesso ao padrão do corpo celestial.
Através do terceiro olho estamos ligados ao processo de manifestação por meio da força do pensamento. O processo de criação tem inicio quando o ser repousado em si mesmo começa a ter consciência de sua própria existência. Com isso ocorre o primeiro relacionamento sugeito-objeto, portanto, a primeira dualidade. Com base nessa vibração primitiva, através de processos de tomada de consciência, novos e diferenciados padrões de vibrações são sempre provocados.
No ser humano esta contido todos os processos da criação, desde o ser puro até a matéria condensada, representada pelos diferentes níveis de vibrações dos chakras. Assim o processo de manifestação ocorre em nós e por meio de nós.Uma vez que o terceiro olho é a sede de todos os processos de conscientização, recebemos aqui a faculdade de manifestar, indo até a materialização e desmaterialização. Podemos criar novas realidades no plano físico e destituir antigas realidades.









Nome Sânscrito: SAHASHARA ("O Lótus das mil pétalas")

Outros Nomes pelo qual é conhecido: Chakra da Coroa, Chakra Coronário. 

Mantra: Aum.

Localização: No topo da cabeça, bem no centro.

Glândulas: Pineal, Epífise. 

Sentido: Expanção da Consciência. 

Cor: Violeta e Branco.

Elemento: Todos os elementos.

Funções: Revitaliza o cérebro.

Qualidades Positivas:  Percepção além do tempo e do espaço. Abre a consciência para o infinito.

Qualidades Negativas: Alienação, Confusão, Depressão e Falta de Inspiração.

Elemento: Energia Cósmica. Presença de todos os cinco elementos. Todos os elementos, inclusive o éter, em suas forças mais sutis. 

Animal: Não existe animal relacionado.

Cor: Branco, Dourado,Violeta. 

Petalas: Mil.

Mandala ou Forma geométrica: Círculo. 

Cristais/Pedras: Diamante, Cristal de Quartzo, Quartzo Hialino(branco), Calcita Ótica, Selenita (Gipsita), Fluorita, Ametrino, Pirita, Alexandrita... 

Alimentos que estimulam o Chakra: Associa-se à idéia de jejum e também às frutas e vegetais de cor violeta e púrpura

Função: Irradiar a consciência humana para que ela se conecte com a Energia Divina, assimilando-a e canalizado-a para os demais chakras físicos

Palavra-chave: Percepção

Principio básico: Ser puro

Glândula correspondente: Pineal (epifese)

Hormônios correspondentes: Serotonina (Enteramina, Melatonina)

Tratamento: Distúrbios nervosos de qualquer tipo de desconexão com a realidade, problemas mentais e de desequilíbrio.

Aspecto: Esse centro é a ligação entre o plano físico e o nosso Eu Superior, a nossa divina presença. É o lugar onde a vida anima o corpo físico; é onde encontramos o cordão de prata que liga os corpos aurais.
É com o prolongamento desse Chakra que o corpo de luz e a alma suprema entram no corpo na hora do nascimento, e é por ali que o deixa no momento da morte.
É por meio desse Chakra que tomamos consciência de que temos uma identidade extra-fisica e de que somos parte de um plano Universal. Nele estamos ligados ao ser infinito, divino e sem forma (mas que contém em si todas as formas e qualidades não manifestadas). Nele vivemos e nos sentimos em Deus, nos tornando Um com a origem divina da qual proviemos.
Nosso campo de energia pessoal mistura-se com o campo de energia Universal. O que antes compreendíamos de modo intelectual e de forma intuitiva torna-se agora uma compreensão completa. Nele experimentamos as mais diversas formas da expressão da criação, entre as quais também se situa o nosso corpo como um brinquedo da consciência Divina com a qual nos tornamos 

Namastê!
visite nossa loja virtual,
mais de mil artigos esotéricos:
www.alkimystika.com.br





terça-feira, 26 de abril de 2011

Quem foi Mikao Usui



Mikao Usui era entre outras coisas, um monge budita. Nasceu no Japão em 15 de agosto de 1865, numa pequena Vila designada Taniai, Distrito de Yamagata, Prefeitura de Gifu.
Segundo as investigações de Frank Arjava Petter, reveladas no seu livro em parceria com Walter Lubeck e William Rand, “The Spirit of Reiki”, Usui estudou Kiko (a versão japonesa do Chi Kung – uma arte oriunda da China para melhorar a saúde através de meditação, exercicios de respiração e exercício em movimento) quando era jovem, num templo de Budismo Tendai, no Monte Kurama, Norte de Kyoto.
Nas práticas do Kiko usa-se a própria energia vital para a cura de outras pessoas, ficando o doador dessa energia, desvitalizado. Algo que não foi do agradado a Mikao Usui e que lhe terá feito nascer à semente daquilo que hoje conhecemos como Reiki.
Segundo William Rand (no mesmo livro), Usui viajou depois por todo o Japão, China e Europa em busca de conhecimento nas áreas da medicina, psicologia, reigião e desenvolvimento espiritual. Numa dessas etapas, juntou-se a um grupo designado Rei Jyutu Ka, onde a sua formação acerca do mundo espiritual foi fortificada. Todo o intenso e continuado interesse no conhecimento teriam criado as fundações da incrível bênção que deixou à humanidade
A sua formação e clareza mental ajudaram-no a conseguir um emprego como secretário de Shinpei Goto, então responsável de um Departamento de Saúde e Bem Estar e mais tarde Presidente de Kyoto. Aqui, Usui conheceu muitas pessoas influentes de todo o Japão tendo iniciado um negócio por conta própria com bastante sucesso.
Em 1914, o negócio começou a correr mal e Usui decidiu tornar-se monge budista. Voltou mais tarde ao Monte Kurama, onde tinha estado a estudar Kiko quando era jovem. Usui iniciou então um retiro de vinte e um dias onde jejuou, cantou, orou e meditou. Uma dessas meditações poderá ter sido ficar debaixo de uma cascata do Monte Kurama com a água a cair sobre a cabeça, para abrir e purificar o " chakra da coroa", uma prática que é efetuada ainda hoje pelos monges do Templo Kurama.
No final do retiro, em Março de 1922, Mikao Usui teve a sua experiência de Satori (Iluminação) onde aprendeu a forma correta de utilizar a energia vital (ki) para a cura sem ficar desvitalizado. Usui aplicou então a energia em si próprio e depois na sua familia, tendo aberto em Abril de 1922 a escola que ainda hoje existe, Usui Reiki Ryoho Gakkai, em Tókio.
Hoje essa técnica é denominada Reiki.

Fonte: Wikipedia



Namastê!
visite nossa loja virtual,
mais de mil artigos esotéricos:
www.alkimystika.com.br